A covid-19 gerou uma situação de excepcionalidade e que pode levar a uma dificuldade muito grande na execução de contratos de Parcerias Público-Privadas e de concessões comuns.